quarta-feira, maio 25, 2005

Já está!



Ora aí está a verdadeira face do Sócrates a começar a emergir. Hoje, após o anuncio da comissão Constâncio do valor do défice de 6.8%, José Sócrates (JS) tinha a possibilidade de mostrar que tipo de Primeiro Ministro (PM) quer realmente ser. Podia querer ser um PM com verdadeira vontade de mudar a sociedade portuguesa ou enterrá-la ainda mais. Infelizmente JS escolheu a última opção, a mais fácil e que atinge apenas os mais fracos.

Se JS quisesse realmente começar a mudar o estado deste país eis algumas das coisas que ele tinha de fazer:
1) Aumentar os impostos à banca;
2) Criar um sistema por objectivos na função publica. Ou seja, todos os 3 anos eram fixados objectivos a todos os trabalhadores. Ao fim desses 3 anos quem cumprisse os objectivos era prolongado o contrato automaticamente. Quem não cumprisse ou era despedido se a sua função fosse redundante ou então se a função não for redundante, concurso publico para a posição em que o funcionário podia também concorrer. E isto era para aplicar a toda a função pública incluindo directores gerais. Nada mais justo e sem interferência governamental;
3) Acabar com os pagamentos a 90 dias! Todos os serviços entre empresas e do Estado com empresas tem de ser pago em 30 dias! Só assim as pequenas e médias empresas poderão ter dinheiro suficiente para investir em desenvolvimento de novos produtos e novas tecnologias e poderem crescer e ter sucesso no mercado mundial super competitivo existente hoje.
4) Para um verdadeiro choque tecnolágico IVA a 5% para todos os produtos para investigação cientifica;

Isto são apenas algumas das outras soluções que JS podia ter recorrido para combater o défice! Mas não! Ele preferiu penalisar mais uma vez aqueles que são abusados desde sempre neste país, os pobres e a classe média, aumentando o IVA para 21% (mais de 1/5 do valor do produto a comprar!), um imposto que não faz distinção entre rendimentos! Mais acabou com o escalão de 12% do IVA, transitando os produtos sujeitos a esta taxa para 21% e com isto penalisando vários produtos alimentares. Mas não a Coca-Cola (5% IVA) e revistas tipo a Maria (5% IVA).
Mais uma vez, infelizmente, vejo confirmado aquilo que tenho defendido desde sempre neste blog, não vivemos em democracia mas sim numa DITADURA DO MERCADO! Mais uma vez os dirigentes de Portugal continuam a ser fantoches da oligarquia que desde sempre controlou, atrofiou e explorou a maioria da sociedade portuguesa! E curioso, ou talvez mesmo sinal de limitações mentais, a oligarquia usa as mesmas estratégias apenas mudando o pacote, ou seja, apostar na estupidificação, crendice religiosa e futebolistica e uma política de dividir para governar! Tal como eu já tenha dito aqui entre uns e outros venha o diabo e escolha!

12 comentários:

xipsocial disse...

Boa madrugada nueroglider.
A concordância não podia ser mais alinhada...Agradeço a visita a http://co2laser.blogspot.com/2005/05/eroso.html
embora recém nascido também faz referência mais generazada ao acontecimento de ontem.
Cumprimentos

pedro silva disse...

neuroglider
Já estava admirado e a estranhar que nada fosse dito sobre a verdadeira vigarice que se passou entre 3º e 5ºfeira.
Excelente ideia o ponto 3. Penso que até por lei e extensível
a empresas privadas.
O ponto 4 carece de mais posts e explicações(um computador é consderado como sendo para investigação cientifica ,um livro, um cd ou não? Para mim são .Mas isto sou só eu...)

NeuroGlider disse...

Caro Pedro Silva
A minha ideia do ponto 3) é especialmente destinada ás empresas privadas. Numa cultura hiper-globalizada á velocidade da luz em que vivemos é essencial as empresas privadas terem dinheiro para investir e dinamizar. Esta é aliás o que faz a diferença nos países mais desenvolvidos. Pagamento a prestações e a 90 dias é um sinal de despotismo das empresas mais poderosas (oligarquias instaladas) sobre as mais pequenas numa atitude de pura e simplesmente destruir a concorrencia logo na sua génese. Em relação ao ponto 4) eu referia-me a produtos de laboratório especifícos de investigação. No entanto porque não também IVA a 5% em computadores e material informático para todos os consumidores? Isso também faz parte do choque tecnológico. A mudança tecnológica não pode ser só operada pelos cientistas, tem também de sê-lo por todos os outros. Mais computadores em casa é também um choque tecnologico. Embora não sei se os nossos (des)governates realmente querem isto. Especialmente á luz dos últimos acontecimentos!
Em relação ao teu último comentário na minha posta anterior tens toda a razão. Vou começar a pensar numa posta sobre aquela constatação.
Cumprimentos

pedro silva disse...

Olha neuroglider isto das conversas é como as cerejas...
Algumas duvidas,no entanto:
a) produtos especificos de laboratório é exactamente o quê?
equipamentos que se usam e deitam fora,reagenets quimicos,ou o quê?
b)nos pagamentos a 30 dias e a lei que eu sugeria ;a sugestão era que qualquer empresa ,estado incluido fosse proibido de meter/impor facturação com prazo de pagamento superior a 30 dias.(actualmente há casos de 120 dias...)
c)quanto às empresas privadas penso que,pelo menos em portugal é necessário distinguir pme`S portuguesas das outras.(sendo que uma grande empresa portuguesa é uma pme a nivel mundial...)
d)quanto aos pontos 1 e 2 não comentei mais porque o inicial está lá dito: socrátes tinha a oportunidade de estar à altura do que lhe acontecia;não esteve.

Nada que me surpreenda;dado que já esperava isto do ps.
Já agora,uma sugestão para te rires amargamente :vais a www.tugir.blogspot.com/ ,um blog de 2 militantes ""socialistas"" que "defendem " o contrário do que interessa defender(na minha opinião)...julgando que estão no caminho certo...
Atenção que também estão lá alguns comentários meus ,mas não estou a indicar o blog ,por isso ,apenas para tu verificares(se já não souberes) do estado alucinado e cegueta em que o ps está...depois queixam-se que a vida lhes corre mal e não comprendem porque é que perdem eleições....
Ou seja,como verificará o teu conhecido do "unoedomultiplo",o liberalismo económico campeia nos terrenos do ps....
Quanto ao comentário anterior dei aquela sugestão dado que aquele tema ,parece-me ,merece aprofundamento...e força...

ps:aguardo as tuas gargalhadas após visita ao tugir...

NeuroGlider disse...

Caro Pedro Silva estas discussões têm sido optimas.
Mas voltando ao produtos do lab (se me permites a minha expressão vulgar para laboratório)eu considero que tem de ser tudo. De todo o tipo e consumiveis desde plásticos a reagentes. E claro englobando equipamento mais pesado carissimo que este IVA ainda irá encarecer e prejudicar mais os grupos de investigação nacionais que os pretendem adquirir. E isto faz a diferença pois são estes equipamentos que permitem analisar mais e melhor e ter publicações com mais impacto. E se há meio competitivo é este da ciência!
Quanto aos pagamentos eu concordo totalmente contigo tem de ser uma lei. Mas o meu receio é que num país em que a justiça demora eternidades não sei até que ponto a lei não seria contra-producente. Talves um ponto que eu esqueci de pôr na posta é que a justiça tem de ser mais célera e justa pois só assim todas as outras medidas são aplicáveis.
O Tugir é mais um reflexo da inexistência de ideais nos agentes políticos é a herança do Blair para a política mundial. Faz apenas o que mais te favorece e mesmo que a longo prazo isso seja mau quando a altura chegar ages do mesmo modo. Mas nunca sem uma ideologia ou mensagem de fundo. E depois dá nisto. Há muito que venho chamando aqui a atenção para este esvaziamento de ideias da política. Para mim parte do desinteresse da política por parte dos cidadões nas democracias ocidentais acontece por isto mesmo. São todos iguais qual escolher?
Mas de facto são hilariantes as teorias do Tugir eu até fiquei com vontade de lhes propor pa mudarem o nome para RIR! eheh
Cumprimentos

pedro silva disse...

neuroglider
a)quais grupos de investigação nacionais?
b)equipamento pesado:estamos a falar de quanto em dinheiro ou àpeça unidade? 100 mil contos, mais?

A lei para obrigar à não existencia de prazos superiores passava mais por nela estarem inseridos medidas de coação ,por esemplo , a empresa que estaria a ser obrigada a pagar em prazos superirores a 30 dias podia imediatamente publicitar esse facto ,atarvés da criação de uma lista publica; serem criados mecanismos de multa para a empresa que tentasse obrigar a exceder esse prazo; com o estado a cobrar uma parte(para dar incentivo ao estado a ter atenção a esta situação).
isto são sugestões às quais eu também não tenho inteira certeza que de inicio funcionassem,mas era necessário começar por algum lado...
O sistema de justiça é tema para conversa muito longa...
Quanto ao tugir;é sintomático que em dia de anuncio de aumento de impostos e quebra de promessas eleitorais , eles postem 2 vezes ,sobre essa grande vitória??? que é a eleição de "opus" guterres para refugiado oficial da onu.
Suponho que o ponto de vista é outro:no fundo ,no fundo estão contentes por aquela abécula não estar cá...olha do que nós nos livramos?

augustoM disse...

Neuroglider
O meu comentário pode parecer muito radical, mas estamos aqui é para dizer o que pensamos, ou então não valia a pena comentar.
Temo a possibilidade de uma nova ditadura, ou pelo menos algo parecido. O temor tem fundamento, basta relembrar a situação do país e as actuações dos governos antes de Salazar, e verificar as semelhanças com a actualidade.
Salazar não usurpou o poder, foi-lhe oferecido, como salvador da Pátria, à boa maneira grega.
Não quero mencionar nomes, mas parece-se que o primeiro passo está para ser dado, com a oferta da cadeira presidencial.
Numas declarações recentes do Marcelo Rebelo de Sousa, este afirmava que o sr. fulano, o próximo Presidente da República, era a melhor coisa que podia acontecer para o país, porque com a sua reconhecida competência de economista, podia dar uma grande ajuda ao governo neste momento difícil. O outro também era economista.
Um abraço. Augusto

xipsocial disse...

Os meus agradecimentos pelo comentário deixado no 'co2laser'.
Não pude deixar de dar um salto ao 'tugir', realmente aquilo é uma palhaçada que os srs. fizeram para comentar os olhos bem abertos dos cidadãos do norte da europa onde a informação está disponível segundo uma distribuição mais homogénea dos meios. E pegando por aqui, digamos que uma verdade enorme é que nem só para a investigação científica se deveriam proporcionar menores taxas relativamente a meios de comunicação e acesso à tecnologia, estamos a falar de meios de comunicação a sério e não da 'Maria'. Altos preços de utilização da rede assim como das máquinas que são a base da terceira revolução industrial, só incentivam a que cada vez mais a desinformação alastre....mas realmente é isso que se pretende na 'democracia viciada' que depende de nós...
Cumprimentos a partir da terra mãe...

pedro silva disse...

Neuroglider, eu quis continuar a conversa mas sabado e domingo o teu blog ,apenas aparecia com o logotipo e com um fundo cinzento do qual nada se via(os posts).Por isso responde ao xipsocial e continua a responder-me à pergunta que há 2 comentários atrás te fiz...

NeuroGlider disse...

Pedro Silva
Eu também tive problemas com o blogger nesses dias. Já vi falar neste problema noutros blogs também. Se calhar algo se passa aqui no sistema. Mas por agora parece estar tudo bem.
Em relação ao teu comentário anterior quero-te dizer que em Portugal existem bons grupos de investigação em algumas áreas. Desde a biologia, passando pela fisica e tecnologias informáticas. O que acontece é que há pouca divulgação desses esforços, infelizmente. O equipamento e mesmo os plásticos que em qualquer laboratório em biologia (em que eu trabalho e conheço bem a situação) deve representar cerca de 1/5 a 1/4 dos gastos (cerca de 20 mil euros/ano num laboratório com cerca 10-15 pessoas) pois estes plásticos, não recicláveis, são bastante caros. E os equipamentos estamos a falar em muitos milhares de euros de cada vez. Daí que uma diminuição do IVA para esta actividade podia ser a mais importante contribuição do Socrates para um choque tecnologico.
Em relação á tua proposta de lei estou inteiramente de acordo com as tuas propostas. Para além de não necessitarem de julgamento, podiam muito bem ser impostas pela agência que regula as actividades económicas, iriam ser rápidas a impor e a surtir efeito.
Neste momento acho que no Tugir estão é mais é a tossir depois do NÂO francês. Por isso é que eles se agarram ao lugar do Guterres para terem alguma alto-estima. No fundo eu acho que são pessoas que vivem dos "achivements" (peço desculpa pelo inglês mas estive algum tempo fora de Portugal e ainda não readquiri todas as palavras) dos outros e os exibem de um modo verdadeiramente surreal. Quase que tenho pena deles, depois lembro-me que eles é que querem assim!eheh
Cumprimentos

Augustom
O teu comentário acho que tem toda a pertinência pois a situação que conduziu é que de facto, como tu referiste, muito parecida com o que levou o Salazar ao poder. Com os conhecidos jogos de poder em Portugal ocorrem sempre num pequeno grupo de compinxas eu não me admirava nada que uma tentativa desse género pode-se ocorrer. Á que estar alerta.
Cumprimentos

xipsocial
Tens toda a razão quando dizes que também o material informático e o acesso a meios de comunicação, seja eles qual forem (inclindo acesso á rede e revistas, jornais e livros) deviam ser todos taxados a 5% de IVA. Mas num país em que o Governo (Guterres) vendeu a uma operadora a rede por 30 anos como é que os consumidores podem ter preços baixos. Este neo-liberais da treta acabaram logo com a concorrência leal! A rede da PT no meu ponto de vista devia era ser renacionalisada. É este tipo de infrastuturas é que devem ser nacionais e do estado para garantir um acesso facil e barato a todos.
Bem em relação a desinformação e táticas anti-desinformação devo recomendar aqui o trabalho da comunidade hacker madrilena que vi num recente documentário no canal Odisseia da TVCabo e que aqui recomendo. É um projecto social em que se criam, usando apenas 1 ligação á rede, redes wirelles em bairros pobres permitindo o acesso a pessoas com dificuldades e criando comunidades locais online e também transmição de ligação gratuita de espanha para marrocos.
É este tipo de táticas que a sociedade portuguesa tem de começar a criar mas que tarda a chegar só assim podemos descer a ignorância que trespassa Portugal e só depois podemos sequer falar em democracia. Por agora só ditadura de mercado.
Cumprimentos

xipsocial disse...

O Pedro Silva pediu-me que voltasse aqui e esclarecesse o meu último comentário, o que se passa é que dois dos países mais desenvolvidos da união dizem não à proposta,o que acontecerá com um membro como Portugal com piores níveis sociais a nível de comunicações e estrutura de mercado influente, se disserem que sim!

pedro silva disse...

Neuroglider e Xipsocial

Quando eu vos citei o "tugir" era com a intenção de voçes verificarem,dado que parti do principio que não conheciam aquele blog, como ??socialistas?? ??pensam?? acerca de um certo estado das coisas...
Eu proprio dei com aquele blog há pouco tempo,inseri lá por diversas vezes alguns comentários,deixei (e disse-lhes isso)de pôr lá comentários ,porque me desentendi com eles acerca do T.europeu.
Analisei um pouco esse tratado e se antes do analisar já era "não" para mim ,depois de o analisar mais com os cabelos em pé fiquei e mais o não ao tratado se solidificou.
Ou seja neste momento tenho o blog nos meus favoritos mas apenas vou lá para me rir um bocado com as constantes contorções que por ali se fazem...

xipsocial
o que tu estás as querer dizer é que a manipulação em portugal é de qualidade superior e mais facil de se fazer- pois é. Mas os portugueses gostam...não todos claro...