terça-feira, maio 27, 2008

A lei da ditadura do Mercado


Hoje não pude deixar de reparar que a maior parte dos jornais e meios de comunicação em Portugal mas também aqui na UK referem que os preços galopantes do petróleo (e consequentemente dos combustiveis refinados) estão altos não por culpa dos stock estarem a acabar mas sim como consequência do mercado livre! E em certa medida o mesmo se está a passar com a crise alimentar que já leva supermercados tanto nos EUA como na Europa (caso do Lidl em Portugal) a racionar a venda de arroz! Quer dizer a lei do mercado é a lei dos açambarcadores, dos especuladores que compraram quando estava barato e reteêm de modo a poderem manipular os preços, vendendo a conta gotas aquilo que não é raro e fazendo aumentar os preços por razões completamente artificiais. Quem é que acaba por sofrer?! Para variar os consumidores e claro aqueles que menos têm agora ainda têm menos!
É incrivel que depois o Cavaco e outras sumidades venham dizer que isto não é nada, mas apenas o mercado "livre" e "saudável" a funcionar. Não é por nada mas eu sempre aprendi que á medida que o mercado se torna livre o preço diminui (por variadissimas razões) mas hoje em dia verifica-se exactamente o contrário.
Na minha humilde opinião isto é apenas uma prova que vem confirmar algo que eu sempre senti: o mercado não é livre mas sim uma manipulação conduzida pelos interesses de alguns de tal modo que é de facto uma ditadura de muito poucos sobre todos!
A meu ver isto vai significar agitação social no mundo inteiro! Aqui na UK, hoje já há camionistas a bloquear as estradas e o preço dos alimentos já subiu 200% desde a mesma altura o ano passado! E em Africa temos países em que estão a acontecer motins porque não existe comida suficiente (cereais). Quando esta onda chegar á China, Europa e EUA temos de nos preparar pa um cenário de guerra pois no fim do dia a fome tem sido a maior razão por detrás da maior parte das guerras!
No entanto, no passado a maior parte das guerras era para tentar conseguir ter melhores terrenos para produzir mais alimento e sustentar uma população maior, hoje deitamos fora alimentos para manter os preços "competitivos" (o que quer que isto queira dizer!) permitindo a alguns terem lucros fabulosos. As novas guerras irão ser para determinar quem terá o poder de decidir quem produz o quê para o mercado!

Eu só pergunto é se no fim haverá mercado?

3 comentários:

transistorizado disse...

Ganda xena! O fim de quê? Talvez, como ilustras-te, passemos a trocar batatas por feijões. E os pequenos ciclos tornem-se no grande ciclo vicioso. Será que vamos ter uma segunda oportunidade daqui a 10 milhões de anos?

brunopapas disse...

...ihhh, alta GRAFFITI!! ...tb tou a ver k tens onda oh Neuros! Tens a cena do fight da powa mas tb tens bom gosto pa coisa! Mas ha uma cena k ainda nao entendi! Este graffiti representa o ke? O pessoal de varios paises k vai lutar por arroz ou o pessoal k vai pa apanha do milho no Ribatejo? ..e akela cena no ar? Um OVNI? ..entao eh capaz de ser no Ribatejo, num dakeles descampados ao lado da recta do cabo.!! ...hummmm, deveras interessante! Gosto das tuas dilatacoes neuronais! ...ate ja! Abraco ao TIO!

NeuroGlider disse...

Eu pergunto mesmo será que vamos ter uma nova oportunidade daqui a 100 anos?

Ò Papas o TIO tb lá tá no grafitti!!! Tá a mandar a bomba!!!!ehehehe